8 Remédios Naturais para sua Saúde

8 Remédios Naturais para sua Saúde

E-Book totalmente gratuito

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Rinite: tratamento natural em casa

Rinite: tratamento natural em casa

Segundo o Ministério da Saúde, Rinite é “inflamação aguda ou crônica, infecciosa, alérgica ou irritativa da mucosa nasal.” Fonte Ministério da Saúde.  

Pode ser vários os agentes que causam a Rinite desde a poeira, ácaros, vírus, pelos de animais, etc, á contato com produtos químicos como detergentes, sabão, perfumes.

Quem tem Rinite sofre diariamente porque chega a um determinado ponto que incomoda muito no dia a dia. Nariz coçando, espirros constantes, uma agonia sem fim.

Uma das medidas que sempre sugerimos as pessoas que sofrem com este mal é avaliar como anda a sua saúde física. Dizemos isto porque geralmente pessoas que estão acima do peso, costumam ter hábitos alimentares prejudiciais, aumentando o nível de inflamações no organismo.

Portanto, é essencial que pessoas com este perfil sedentário possam reavaliar sua condição, e procurar uma alimentação mais adequada e saudável, e também incluir práticas de esporte todos os dias pelo menos 20 minutos ao dia.

Fora o fator alimentação e obesidade que podem influenciar bastante, existe também os que fazem o uso do cigarro. Se você que está lendo até aqui e é fumante e tem rinite, já procure ajuda para abandonar o cigarro.

Tratamento Natural para Rinite

Pois bem, você chegou até aqui porque está cansado de tomar antialérgicos, corticoides que estão te fazendo mal, fazendo você ficar mais inchada (o), além de outras reações adversas causadas pelos medicamentos, e já não aguenta mais certo?

Devemos informar antes que estas dicas que daremos agora não substitui o tratamento convencional que foi prescrito pelo seu médico. Será algo simples que você mesmo pode fazer em sua casa em interferir em nada no que você já vem usando.

Hidroterapia para Rinite

O tratamento de hidroterapia você terá algum trabalho no início e até parecer bizarro, mas acredite faz uma diferença tremenda!

Então vamos lá ao que você tem que fazer.Você vai pegar uma bacia de alumínio, e vai acrescentar uma água quente. Média de temperatura de 33 a 37 graus celsius.

Você vai colocar os pés na água quente, e ligar o chuveiro em água fria. Esse cenário você deve estar sentado em uma cadeira plástica. Ou seja, você vai tomar banho de água fria, sentado e com os pés na água quente na bacia. Repita isto duas vezes ao dia.

Também fará o escalda pés com água quente junto com a carqueja aproximadamente por 5 minutos. E depois disso faça com água fria durante 2 minutos. Repita este processo no mínimo 3 vezes ao dia, por dias intercalados, exemplo: segunda, quarta e sexta feira.

Chás para Rinite

A indicação aqui é fazer o chá de camomila.Coloque uma colher rasa de folhas em 250 ml de água. Tome 1 xícara após as refeições. E antes de deitar a noite.

Faça também o uso do açafrão ( para ler o artigo sobre o açafrão clique aqui) um poderoso antiinflamatório e antialérgico natural, muto indicado para quem possui rinite.

Ah! dá antes que eu esqueça, você pode também fazer inalação 1 vez por dia do Eucalipto. Você coloca água quente em uma bacia, pode ser aquela que você está fazendo os banhos. Coloque folhas de eucalipto, e com uma toalha sobre a cabeça, tente respirar fundo o aroma que sai da água.

Conclusão

São medidas simples que podem fazer um diferencial tremendo no seu tratamento contra a Rinite, principalmente a alérgica.

Consideravelmente com o tempo você irá diminuir os anti alérgicos, os corticoides e quem sabe irá se ver livre dos medicamentos prescritos.

Depois comente se deu certo estas dicas, ou qual tratamento caseiro contra a rinite você está fazendo. Lembre-se de sempre consultar um profissional de saúde habilitado para te ajudar caso tenha alguma dúvida.

Receba mais novidades

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Jardel Moura
Jardel Moura

Farmacêutico, especialista em Fitoterapia, é autor deste blog. Pretende auxiliar os leitores a terem um relacionamento com o mundo das ervas medicinais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *