8 Remédios Naturais para sua Saúde

8 Remédios Naturais para sua Saúde

E-Book totalmente gratuito

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

O que é Depressão? Quais sintomas? Quais ervas usar?

O que é Depressão? Quais sintomas? Quais ervas usar?

Depressão segundo o Médico Drauzio Varella “é uma doença psiquiátrica crônica e recorrente que produz alteração do humor caracterizada por tristeza profunda e forte sentimento de desesperança ” Fonte, aqui.

É considerada um mal do século. Nunca se houve tantas taxas de suicídio relacionado a pessoas com quadro de depressão. Estamos vivendo em uma sociedade imediatista, esquecendo de valores, e pessoas sendo transformadas apenas em objetos.

É um tema bastante complexo mas que nós vamos focar aqui nas informações no que já é descrita por órgãos de saúde pública.

Ou seja, sim depressão não é brincadeira, é doença e a pessoa deve ser tratada com todos os critérios necessários.

Sintomas da Depressão

Pois bem, primeiro antes de tudo temos que dizer que tem duas situações que temos que falar aqui sobre depressão.

A primeira é aquela que quase todos nós temos que é a depressão na qual recorre do cotidiano, das preocupações, das frustrações da vida. O que é normal.

Geralmente esse tipo de depressão ocorre em algum momento da vida devido as adversidades durando alguns dias ou meses, mas que é facilmente superado, não precisando de uma intervenção farmacológica.

Mas tal situação se não for superada pode evoluir para um quadro mais severo evoluindo para uma depressão propriamente dita.

Esse tipo de depressão é necessário uma intervenção médica, precisando de apoio psicológico, e muitos pacientes acabam usando medicamentos com vários efeitos colaterais.

Nesse caso sintomas tais como a falta de humor é característico. Ou seja, nada anima, ou leva a pessoa a sorrir.

Também apresenta preguiça, falta de vontade de pode realizar atividades simples, como brincar, correr, nadar, conversar, apenas tem vontade de ficar parado, dormindo, como se houvesse um esforço para poupar energia.

Outra situação bastante recorrente são pessoas com distúrbios do sono. Geralmente quem sofre de depressão tem problemas com insônia, ou apresentam sonolência em excesso.

A falta de apetite também pode ocorrer, não querendo mais comer seus pratos prediletos, ou come em horas regulares. Mas há casos que pode também prevalecer o aumento do apetite e consequentemente o aumento do peso, devido o aumento da ansiedade e a capacidade do cérebro poder se concentrar naquilo que está comendo, e assim as pessoas comendo rápido de mais e em maior quantidade sem dar tempo de o cérebro ficar em sintonia com o estômago.

Outro sintoma conhecido também é a falta de líbido. Alguns medicamentos pode prejudicar ainda mais, e a pessoa com depressão acaba perdendo a vontade de se relacionar sexualmente com o parceiro (a), o que consequentemente aumenta as tensões entre casais.

Outros sintomas nas quais podemos citar são a dor no peito, como uma sensação de sufocamento, falta de ar, e há presença também de taquicardíaco.

Causas da Depressão

Nós somos o que é hoje devido as heranças genéticas que adquirimos de nossos país, tais como: cor da pele, cor dos olhos, o seu temperamento, cor do cabelo, etc.

E não é diferente com a depressão. Geralmente o médico já pergunta se existe algum histórico de depressão na família. Isso porque como dito a genética contribui por repassar este “defeito” adiante.

Também tem o fator da bioquímica, onde digo geralmente que está relacionado intimamente com a genética, ou ainda por fatores externos que levam ao distúrbio da química do cérebro, o que nos leva a próxima causa possível de levar a depressão.

Eventos externos. O meio que você vive, os eventos traumáticos podem te levar a depressão. Desde a perca de um namorado (a), ou o desemprego etc. Isso pode levar a desordem neuroquímica, tendo que tomar medicamentos controlados para poder corrigir essa bioquímica cerebral.

Portanto os eventos diversos traumáticos, e até mesmo o consumo de certos tipos de alimentação, o estilo de vida podem levar a depressão. E pasmem! Existem aqueles tipos de pessoas que entram em depressão por questões imaginárias!

Isso mesmo! Porque podemos afirmar isto?! Basta olhar o número de adolescentes que praticam a leitura de livros melancólicos estilo góticos, filmes que alimentam a imaginação nutrindo sentimentos negativos, sendo que tudo isso colabora para mudar a química do cérebro. E a consequência são pessoas que evoluem para um quadro de depressão que tudo partiu da imaginação.

E como o poder das Ervas podem ajudar?

Aqui em nosso blog temos uma categoria específica de ervas que auxiliam no tratamento da depressão. Mas ressaltamos que apenas algumas plantas medicinais são usadas para tratamento de depressão leve, sendo ainda não conhecido alguma erva que trate a depressão crônica.

Uma erva bastante conhecida para combater a depressão leve a moderada é a Erva de São João. Mas esta é necessário a prescrição de um médico, pois existe muitos efeitos cruzados com outros medicamentos. Clique aqui no artigo que nós falamos sobre a erva de são joão.

Outras Formas de tratamento

Em nosso blog nós temos disponibilizado gratuitamente um e-book que traz os 8 remédios naturais para uma vida saudável que ajudam e muito pessoas que estão com esta doença. Recomendamos que você possa baixar.

Tudo que for necessário e lítico para poder te livrar dessa depressão faça, mas sempre orientado por profissionais da saúde devidamente habilitados para te ajudar.

Conclusão

São várias as teorias que ajudam a explicar a depressão desde a nível biológico como psicossocial. O certo é que as plantas medicinais podem ajudar sim pessoas a se verem livres da depressão, ainda mais se estiver associado com a prática dos 8 remédios naturais que Deus nos deu.

Portanto, antes de usar qualquer medicamento natural consulte seu médico ou farmacêutico para poder te orientar melhor.

Receba mais novidades

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Jardel Moura
Jardel Moura

Farmacêutico, especialista em Fitoterapia, é autor deste blog. Pretende auxiliar os leitores a terem um relacionamento com o mundo das ervas medicinais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *