8 Remédios Naturais para sua Saúde

8 Remédios Naturais para sua Saúde

E-Book totalmente gratuito

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Bardana: ótimo remédio para acne

Bardana: ótimo remédio para acne

Bardana, já ouviu falar sobre esta erva? Pois bem, é uma erva muito conhecida principalmente na Eurásia, mas bem difundida nas américas e no Brasil.

Essa erva tem uma história que não é de agora. Por exemplo, os gregos (fonte aqui) já a utilizavam como medicamento. Na idade média faziam preparações com esta erva com o intuito de curar algumas infecções de peles.

Uma outra curiosidade é que o surgimento do velcro a partir de 1941 pelo engenheiro George de Mestral, se deu a partir da observação da semente desta erva.

Está em registro que ele passeava com o seu cão, quando ele percebeu que as sementes estavam grudadas no pelo do cachorro. Ele observou no microscópico, e verificou sua estrutura que parecia como ganchos pregados no pelo do animal. E assim surgiu o velcro.

No brasil ficou mais conhecido e mais utilizado na culinária, principalmente nas regiões sul e sudeste do país.

Ela possui vários nomes e muda conforme a região ou país. Mas segue os principais nomes populares mais conhecidos: erva dos pegamassos,pega moça e orelha de gigante.

Mas seu nome científico é Arctium lappa , e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, ou mesmo ser plantada no seu jardim medicinal. É uma planta que deve ser colhida a cada 2 anos.

Indicações da Bardana

Sem dúvida nenhuma umas das indicações mais conhecidas é para o tratamento de acnes.

Isso porque ela tem efeito antibactericida quando usada topicamente em forma de pomadas.

Tem ação anti fúngica, diurética. Esta última muito útil para quem tem problemas de retenção de liquido.

Usado também para cólicas renais, prisão de ventre, problemas gastrite, é depurativo, cicatrizante, e antibiótico natural.

Como usar Bardana

Bom, a bardana pode ser utilizada em forma de chás ou pomadas. Na forma de chás basta utilizar as folhas e fazer a infusão delas.

A parte da raiz é rica em  proteínas, fibras, cálcio, fósforo, ferro, vitamina A, vitamina B1, riboflavina e niacina.

Contra indicações

Como sempre não indicamos para gestantes, nem lactantes, crianças pequenas.

Conclusão

Deve-se ter o devido cuidado para não querer tomar ou usar em excesso a erva medicinal. Pois apesar que seja um tratamento natural não deve haver abusos, pois pode aparecer intoxicações.

Na dúvida procure um Farmacêutico especialista em fitoterapia e consulte para melhor te orientar.

Para conhece mais ervas poderosas recomendo clicar aqui neste link, onde será guiado para o estudo de outras ervas medicinais.

Receba mais novidades

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Jardel Moura
Jardel Moura

Farmacêutico, especialista em Fitoterapia, é autor deste blog. Pretende auxiliar os leitores a terem um relacionamento com o mundo das ervas medicinais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *