8 Remédios Naturais para sua Saúde

8 Remédios Naturais para sua Saúde

E-Book totalmente gratuito

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Pata de Vaca: Erva utilizada contra diabetes

Pata de Vaca: Erva utilizada contra diabetes

A pata de vaca é bem conhecida principalmente nas regiões do Ceará, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, e Santa Catarina. Encontrada também em países como Bolívia e Argentina.

Os nomes populares como sempre falamos aqui pode variar de localidade para localidade. Nomes populares mais conhecidos: casco de vaca, pata de boi, pata de boi branco e unha de boi. Seu nome científico é Bauhinia forficata.

Pata de Vaca contra Diabetes

Pois bem, a pata de vaca ela é bastante usada por pessoas que tem diabetes. Diabetes como todos já sabem “diabetes é uma doença crónica, onde a quantidade de glicose no sangue é muito elevada porque o pâncreas não produz qualquer insulina ou não produz insulina suficiente, para ajudar a glicose a entrar nas células do corpo – ou a insulina que é produzida não funciona adequadamente (conhecido como resistência à insulina).” Fonte freestylediabetes.

E ela pode ser dividida em diabete dos tipo 1 e tio 2. A diabete do tipo 1 é caracterizado devido o sistema imune atacar as células do pâncreas que são responsáveis pela produção de insulina. Já a do tipo 2 deve se ao fato de que fatores de estilo de vida, consumo de muito açúcar, pode levar o corpo a não produzir mais insulina.

A consequência disso é a elevação de taxa de açúcar no sangue que é danoso ao corpo gerando uma série de fatores negativos a saúde tais como: perca da visão, prisão de ventre, vontade de urinar o tempo todo, infecções cutâneas, fadiga perca de peso etc.

E já foi demonstrado que a Pata de vaca pode ser utilizado para o controle do diabetes. O seu estudo se deu a partir do ano de 1914 com a Dra Carmela Juliane que fez os primeiros relatos desta erva. Em seus estudos ela notou que a pata de vaca funciona como um hipoglicemiante ou seja, diminui a glicose do sangue. Não só isso mas também a taxa de açúcar na urina, que chamamos este caso de glicosúria.

Mas indivíduos normais ela não apresenta nenhuma função de diminuir a taxa de glicose no sangue. Ou seja, somente em pessoas com deficiência de insulina ela irá demonstrar a sua ação terapêutica.

E a a pata de vaca pode ser utilizada como tratamento complementar em pessoas que usam medicamentos como metformina para o controle da diabetes.

Mas atenção!

Como dissemos anteriormente a pata de vaca pode ser utilizada como tratamento auxiliar da diabetes, isso quer dizer que você não pode substituir sem conhecimento do seu médico, os seus medicamentos para o controle da diabetes.

Como relata o Dr. Rodrigo O. Moreira no site Diabetes.org, ainda carece de muitos estudos comprovando a sua eficácia clínica, apesar de várias pessoas relatarem que os seus níveis de glicose baixaram.

Outras indicações

A pata de vaca funciona também como um antioxidante, diurético, usado para problemas de estômago. Este último devido que substâncias presentes nesta planta aumenta o muco protetor do órgão.

É usado também para prevenir câncer, pois ajuda a matar as células cancerosas. Além disso, a pata de vaca pode ser usado como proteção dos efeitos de alguns quimioterápicos.

Foi percebido também em testes que além de diminuir as taxas de glicose no sangue, e pode ser uma boa alternativa também para quem está procurando diminuir as taxas de triglicerídeos.

Como usar Pata de Vaca

Para fazer o chá de pata de vaca basta pegar uma colher da erva picada, colocar em água fervente em 200 ml de água. Desligar o fogo, e deixar descansar por 10 minutos. Tomar o chá de 2 a 3 x no dia.

Contra Indicações

Citamos aqui que ele reduz os triglicerídeos. No entanto ela acaba também diminuindo o HDL, popularmente conhecido como colesterol “bom”.

Pessoas também que tem problemas de coagulação devem evitar o uso do chá de pata de vaca.

Conclusão

O seu uso é bastante difundido por pessoas que fazem o uso para controlar a diabetes e relatam melhoras significativas.

O que falta mesmo é o interesse de haver mais pesquisas científicas para comprovar seu efeito e segurança.

Recomendamos ainda que nosso leitor possa conhecer outras ervas medicinais clicando aqui. Espero que tenham gostado do artigo de hoje. Até a próxima.

Receba mais novidades

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Jardel Moura
Jardel Moura

Farmacêutico, especialista em Fitoterapia, é autor deste blog. Pretende auxiliar os leitores a terem um relacionamento com o mundo das ervas medicinais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *