Como Fazer Remédio Caseiro para Afta

Como Fazer Remédio Caseiro para Afta

É bom ressaltar que o mais importante de tudo é tratar a causa que acomete a Afta.

Geralmente a afta está associada a baixa imunidade, associado ao alto stress ou baixa ingestão de nutrientes.

Em mulheres é associado as mudanças hormonais. Em outras pessoas podem possuir alergias a alguns alimentos. Outros por estarem fazendo tratamento medicamentosos, podem ocasionar também.

Hoje nós vamos trazer aqui alguns remédios caseiros que você pode fazer em casa, e usar para amenizar os sintomas. Vejamos:

Bicarbonato

O bicarbonato você pode comprar em farmácias e drogarias. Basta colocar uma colher de bicarbonato em água morna e fazer o bochecho 3 vezes ao dia.

O bicarbonato é antisséptico, ajuda matando bactérias por consequência acelera o tempo de recuperação.

Mel

O mel é considerado como antisséptico, antimicrobiano e curativo. Use o mel diretamente na ferida 3 x ao dia.

Pimenta caiena

Você pode também estar utilizando a pimenta. Na pimenta existe uma substância chamada capsaicina, que atua inibindo a substância P que é responsável pela dor.

Para utilizá-la, basta adicionar um pouco em 50 ml de água e misturar até conseguir uma pasta grossa. Use um cotonete para aplicar essa pasta na afta diariamente até que o problema se resolva.

Uso de chás

Faça o uso dos seguintes chás para obter resultados mais rápidos. Faça um desses chás, e tome 3 vezes ao dia.

  • Chá de eucalipto
  • Chá de boldo
  • Chá de losna
  • Chá de carqueja

Aloe Vera (babosa)

Você pode estar usando também a babosa para combater sintomas da afta. Abra a babosa, extraia o gel dentro da planta. Bata no liquidificador com água morna até ter uma mistura.

Faça o bochecho 3 x ao dia. A babosa é um ótimo cicatrizante.

Gostou dessas dicas? Compartilhe com seus amigos estas informações. Até a próxima.

Veja mais sobre afta no site da ANVISA.

Sobre o Autor

Jardel Moura
Jardel Moura

Farmacêutico, especialista em Fitoterapia, é autor deste blog. Pretende auxiliar os leitores a terem um relacionamento com o mundo das ervas medicinais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.