Chá de gengibre: aprenda fazer e desfrute de benefícios

Chá de gengibre: aprenda fazer e desfrute de benefícios

Comumente conhecemos mais o gengibre em forma de balinhas que são vendidas em farmácias, utilizadas para aliviar sintomas de inflamações na garganta.

No entanto o uso do gengibre possui um valor medicinal muito grande.

O gengibre tem as seguintes ações terapêuticas: ação bactericida, fungicida, antioxidante, antisséptico e anti-inflamatório.

Chá de Gengibre: benefícios

O chá do gengibre combate por exemplo a bactéria h. pylori, que causa gastrite, úlceras. (Veja aqui também mais sobre tratamento natural contra gastrite. )

Para quem está querendo emagrecer, o chá do gengibre é considerado um ótimo termogênico. Ou seja auxilia a pessoa na perca de peso já que ela ajuda na “queima” de gorduras.

Outra ação primordial do chá de gengibre é para quem tem problemas respiratórios tais como: asma e bronquites. Por possuir uma ação anti-inflamatória age na inflamação dos brônquios por exemplo. Veja neste link um artigo científico que fala sobre isso.

Utilizado também como chá de escolha medicinal para tratamento de gripes e resfriados. Para quem está com o pulmão carregado de secreção, ele é um ótimo expectorante.

Como preparar o Chá ?

Você pode encontrar o gengibre em casas de produtos naturais, supermercados ou farmácias.

Então atente agora como preparar o chá do gengibre:

  • Lave bem a raiz do gengibre
  • Corte em pedaços pequenos ou rale a raiz
  • Enquanto isso, leve a água em fogo alto até ferver
  • Adicione o gengibre à água e tampe a panela, abaixando um pouco o fogo
  • Aguarde de 5 a 10 minutos para tirar do fogo
  • Coe e sirva.

É recomendado fazer o uso do chá de gengibre 3 x ao dia.

Cuidado com os excessos. Lembre-se que não é porque é algo “natural” que possamos abusar desse fitoterápico, pois poderá ocorrer reações adversas como qualquer outro medicamento.

Evitar o uso do chá de gengibre com café e o chá mate, ou qualquer outra bebida rica em cafeína. Pode provocar vômitos diarreia, enjoo, irritação no estômago e gastrite.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos ou deixe seu comentário abaixo. Até a próxima dica.

Sobre o Autor

Jardel Moura
Jardel Moura

Farmacêutico, especialista em Fitoterapia, é autor deste blog. Pretende auxiliar os leitores a terem um relacionamento com o mundo das ervas medicinais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.