Tratamento natural para verme aprenda agora

Tratamento natural para verme aprenda agora

Tratamento natural para verme são utilizados há muito tempo. Faz parte do conhecimento tradicional de muitas regiões.

No entanto, obviamente, a indústria Farmacêutica lançou vários medicamentos eficazes contra o combate. E esse conhecimento tradicional acabou sendo esquecido.

Mas o que muitos não sabem é que ervas simples que muitas das vezes são cultivas em casa, ou são encontradas facilmente em supermercados, são utilizados também para o tratamento de verminoses.

E neste artigo nós vamos estudar algumas, e dar algumas dicas para caso você queira usar. Lembrando que sempre requer uma avaliação médica e exames complementares para sabe se está realmente com verminoses.

Como fazer chá de Hortelã para verme?

Como muitos sabem a hortelã é utilizado para sintomas de má digestão, e muito utilizado também para combater sintomas de resfriado.

Mas também é usado para combater vermes, principalmente giárdia e a ameba. Como disse anteriormente muitos dos mais antigos já sabiam disso.

No entanto, ficou comprovado em experiências laboratoriais que o hortelã de fato apresenta eficácia contra os parasitas. Veja está reportagem aqui que cita a pesquisa feita.

Mas lembrando, não é todo tipo de verme ou parasita intestinal que ela é eficaz. Pois, ficou comprovado apenas giárdia e a ameba.

Receita como fazer

Deixe o leite ferver juntamente com as folhas e talos da hortelã. Tampe e aguarde ficar morno, e acrescente o mel. Tome o copo preparado, e repita este processo 7 dias depois.

Semente de Mamão

Ótima alternativa para tratamento natural de vermes é a semente de mamão. Em estudos na Nigéria, teve como resultado 70% de redução de verminoses em crianças. Portanto apresentam propriedades  vermífugas e anti-amebianas.

Receita de Como fazer

1. Coloque uma colherada de sementes de mamão no liquidificador e bata bem, a seco. Também se poderá usar semente seca, em pó (é mais forte, use menos quantidade, 1 colherinha de café).

2. Junte:

* um pedaço de papaia ou mamão (é melhor usar uma fruta que não esteja totalmente madura pois, nestas o conteúdo de enzimas digestivas é muito mais alto do que nas maduras)

* um pedaço de abacaxi (com miolo, não vá desperdiçar o melhor)

* duas colheradas de sementes de abóbora sem casca (são eficientes para paralisar os parasitas e ajudar na desparasitação)

* duas colheres bem cheias de coco ralado (se for usar o coco fresco, acrescente ao batido a água de coco também mas, caso use coco seco, junte leite de coco à mistura)

* 1 colher de óleo de coco virgem, orgânico (ajuda na limpeza interna retirando protozoários, giárdias e tênias).

3. Também podem ser adicionados leite de cânhamo, amêndoas, avelãs, kefir, iogurte. Evite o leite de soja ou de vaca. Acrescente meia dúzia de cravinhos de cheiro (cravo da Índia) e bata até conseguir um creme homogêneo – se for usar cravinhos, o melhor é batê-los ao mesmo tempo que as sementes de mamão, no entanto. Acrescente água de coco, ou leite de coco diluído em água, até atingir a consistência que procura.

4. O mais indicado é tomar esse batido em jejum, e tomar um laxante natural 2 horas após. Se quiser aumentar o efeito, tome uma colherada de azeite de rícino, por exemplo. Mas, lembre-se de não sair de casa pois, o efeito laxante é bastante poderoso e pode te pegar desprevenido na rua.

Fonte: Greenme

Tratamento Natural para Verme: Mastruz

O famoso mastruz com Leite. Recomendamos a leitura deste artigo aqui para ver como faz um delicioso mastruz .

O chá tradicional como tratamento natural para verme pode ser feito com 200 ml de água fervida. Acrescente uma colher de folhas de mastruz, e deixe descansando por 10 minutos. Após isso coe e tome imediatamente.

Como usar alho para verme?

O alho também é usado há milhares de anos para tratamento natural para vermes, além de ser beneficiado por outras de suas propriedades, antiinflamatórias, antibactericidas, etc. Conheça mais sobre o Alho aqui.

Receita

Ingredientes

  • 500 ml de azeite;
  • 1 ramo de alecrim;
  • 3 cabeças de alho, separadas em dentes descascados.

Pegue uma garrafa preferencialmente de vidro de 700 ml com tampa. Cubra a garrafa com alguma folha de cor preta para o conteúdo de dentro não absorver luz. Coloque os 500 ml de azeite, o ramo de alecrim e as 3 cabeças de alhos descascados. Tampe, balance, e deixe por no mínimo 10 dias em descanso. Utilize esta receita também para culinária para temperar saladas, carnes, etc.

Sobre o Autor

Jardel Moura
Jardel Moura

Farmacêutico, especialista em Fitoterapia, é autor deste blog. Pretende auxiliar os leitores a terem um relacionamento com o mundo das ervas medicinais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.