Guaco: Aprenda aqui seus benefícios e para que serve

Guaco: Aprenda aqui seus benefícios e para que serve

O famoso Guaco! Essa planta medicinal é encontrada principalmente nas regiões Suldeste e Sul do País. E nós temos dois tipos dessa espécie sendo a Mikania laevigata Sch. Bip ex Baker e a Mikania glomerata Spreng.

Esse xarope é muito utilizado principalmente para combater sintomas da gripe relacionado a problemas respiratórios como tosse com secreção e rouquidão entre outras irritações na garganta.

Para que serve o Guaco?

Nós temos algumas indicações terapêuticas bastante conhecida que seria para o combate da bronquite e asma. Mas ele possui outras ações tais como: anti-inflamatória, cicatrizante, analgésica, sudorífica, antitérmica, antisséptica, desintoxicante, antiofídica, tônica e antialérgica.

No sistema respiratório ele tem ação expectorante, broncodilatadora, descongestionante, mucolítica, antialérgica suave e antisséptica das vias respiratórias.

Ela já tem sua eficácia comprovada para tais ações e você pode ver aqui na monografia elaborada pela própria Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Você pode encontrar facilmente este fitoterápico nas farmácias e drogarias de todo o país com os nomes comerciais como GUACO do laboratório NATULAB por exemplo.

Mas fora isso você pode encontrar também folhas secas em estabelecimentos Herbarium.

Como fazer o chá de Guaco?

Basta pegar em torno de 3 gramas de folhas do Guaco e colocar em 150 ml de água e deixar ferver. Quando estiver fervendo basta desligar e tampar e deixar descansar por 10 minutos. Use duas vezes ao dia conforme a monografia ANVISA.

Tintura

É possível também fazer o uso da Tintura de Guaco tanto feito em casa como aquelas que são encontradas em farmácias de manipulação.

Se optar por fazer em casa basta ter alcool 70º ou alcool de cerais, colocar em um vidro escuro de preferência. Se não tiver o porte de vidro escuro basta tampar com algum papel escuro. Coloque cerca de 100 gramas de folhas com o álcool, tampe e deixe descansando longe da luz solar por apenas 15 dias.

O importante também deste processo é você agitar o porte pelo menos uma vez ao dia.

Depois desse prazo você faz a coação e poderá usar de maneira tópica para gargarejos por exemplo, ou compressas locais.

Se for a tintura manipulada segue a posologia: 1–3 mL, 3 x/dia ou 1–3 gotas/kg/dia, em 2–3 x/dia.

Xarope Guaco

Esse é mais fácil de encontrar. Geralmente sua posologia é 5 ml de 8 em 8 horas.

Alguns xaropes podem vir associado ao Agrião e a Hortelã potencializando o combate aos sintomas.

Recomendamos também este artigo, caso esteja procurando remédio caseiro para tosse.

Contra indicações

Mulheres gestantes e que estejam amamentando não é recomendado em hipótese alguma.

Também os que fazem o uso de anticoagulantes está contra indicado pois pode aumentar o risco de hemorragias.

E também para quem tem hipersensibilidade ao Guaco, e não recomenda-se o uso prologando por mais de 6 meses.

Espero que tenham gostado das dicas que demos aqui neste artigo, e que possam ter o cuidado ao fazer o uso do Guaco. Lembre-se que não é porque é uma planta medicinal que deve ser encarada com negligência. É medicamento também!

Compartilhem o nosso artigo, comente se você já fez o uso do Guaco e se obteve a melhora esperada. Nos diga qual sintoma combateu utilizando o guaco. Clique aqui também para conhecer mais ervas. Até a próxima.

Sobre o Autor

Jardel Moura
Jardel Moura

Farmacêutico, especialista em Fitoterapia, é autor deste blog. Pretende auxiliar os leitores a terem um relacionamento com o mundo das ervas medicinais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.